Procurando algo?

Forma de gelo com limão e alecrim
Afinal, o você pode

Congelar?

É difícil se organizar durante a semana para ter pratos saborosos e que não exijam tanto tempo de preparo. Alguns alimentos podem ser congelados -- o que pode tornar prático o preparo, além de evitar o desperdício.

Você sabia que o freezer pode ser o nosso melhor amigo? Afinal, congelar é uma boa maneira de manter a textura, o sabor e a cor das comidas e, além disso, ajuda na programação semanal do cardápio, evitando qualquer tipo de desperdício. A principal dica é se o alimento for descongelado não congele novamente, especialmente carnes e peixes crus.
Seguindo esta simples regrinha você já evita problemas mais graves como intoxicação alimentar. Vale mencionar que algumas comidas podem ser congeladas novamente, caso já tenham sido cozinhadas. Por exemplo, descongelar carne moída para fazer um espaguete à bolonhesa -- e depois congelar novamente é perfeitamente ok.

As duas principais dicas para lembrar são: primeiro, se o alimento for descongelado não congele novamente. Segundo, nunca congele carne ou peixe que já estão descongelados.

Lembre-se também de armazenar os alimentos no freezer bem protegidos, para evitar que eles queimem pela longa exposição ao ar gelado.

10 alimentos que podem ser congelados

Ervas Frescas

Ervas mais macias perdem cor e estruturas se levadas ao freezer, mas ervas como alecrim, tomilho, erva-limeira, cebolinha e hortelã congelam melhor, suportando até três meses no freezer. Uma boa dica é congelar essas ervas picadas com água em formas de gelo. Uma ideia pode ser guardar essas ervas para preparar uma sopa e se aquecer em tempos mais frios.

Ovos

Ovos inteiros e gemas separadas não podem ser congelados, mas as claras podem ficar no freezer por até seis meses. Quando batidos, os ovos podem ser congelados por até 2-3 meses. Mesmo assim, vale lembrar que é melhor ter ovos descongelados para o cozimento.

Pão

O pão pode ficar, no máximo, por um mês na geladeira.

Vegetais

Vegetais que tem muita água como tomates e pepinos não congelam tão bem, já que o resfriamento pode danificar a estrutura do alimento. Outros vegetais podem ser congelados e funcionam melhor se escaldados antes. Para escaldar, simplesmente coloque o vegetal em água fervente por dois minutos, remova-os e coloque-os em água gelada para interromper o processo de cozimento. Abóboras são um bom exemplo de vegetal que é perfeito para congelar. Descasque e corte a abóbora em grandes cubos, congele e cozinhe depois. Que tal uma sopa de abóbora no inverno?

Carne

Carne crua pode ficar por até seis meses no freezer, mas é melhor se for consumida em até três meses. Carne descongelada nunca pode ser congelada novamente. Não se esqueça disso, ok? Se você quer congelar uma carne que já foi descongelada, cozinhe-a primeiro. Carnes cozidas e processadas como o bacon podem ser congeladas por não mais do que um mês.

Frutas Silvestres

Frutas silvestres podem ficar no freezer o ano todo. Esse tipo de alimento é melhor congelar em uma bandeja e colocar em uma sacola. Dessa maneira, elas não vão grudar durante o congelamento. Algumas frutas silvestres como framboesa e amora podem ser congeladas tranquilamente, enquanto outras como morango -- que tem mais água -- até podem, mas vão perder firmeza depois de descongeladas.

Queijo

Queijos que foram congelados devem ser utilizado para cozinhar, somente. Quando decidir usar o queijo que está no freezer, deixe-o descongelando por uma noite. Caso seja ralado, o queijo fica mais fácil de ser manuseado quando congelado. Fica a dica.

Peixe

Um dos melhores alimentos para ser congelado: é melhor se for congelado logo depois de pescado. O peixe congelado dura até 3 meses no freezer, mas é melhor consumir com 1 mês.

Leite

Outro que aguenta bem no freezer, o leite pode durar até 1 mês congelado.

Vinho

Sim, vinho! Muita gente esquece que os vinhos também podem ser congelados. Uma boa dica é, caso tenha sobrado um pouco, congelar o restante em formas de gelo e usar os cubos para cozinhar. Os resultados serão ótimos!

Veja também