Skip to content
O que procura?
bursting-with-flavour
O nosso propósito

DESIDRATAÇÃO: O PROCESSO QUE CONSERVA O SABOR DOS ALIMENTOS

A forma como conservamos os ingredientes que utilizamos nos nossos produtos é tão importante para nós como a sua origem. Por isso, apostamos na utilização de técnicas naturais, tais como a desidratação, que consiste simplesmente em retirar a água dos alimentos. Veja o vídeo para saber mais sobre o processo de desidratação:

https://www.youtube.com/watch?v=5IWX0IypQ68

A desidratação é uma técnica milenar.

A desidratação é uma das formas mais antigas de conservação dos alimentos e é uma excelente alternativa ao uso de conservantes, mantendo todas as propriedades dos ingredientes, de uma forma segura e natural.

É sempre surpreendente saber a quantidade de água que os legumes frescos contêm. Por exemplo, para produzir uma só tonelada de cebola desidratada, são necessárias 12 toneladas de cebola fresca.

Às vezes a própria natureza inicia o processo de desidratação. Por exemplo, as nossas cebolas são colhidas e deixadas ao sol durante alguns dias, mas quando são descascadas passam pelo processo de desidratação novamente. Nem todos os ingredientes sustentáveis que Knorr utiliza são desidratados – muitos são transformados em pasta ou polpa para produtos como sopa ou caldos. No entanto, é reconfortante saber que um método milenar ajuda-nos a entregar ingredientes desidratados cheios de sabor.

Sabia que...

  • Os fenícios desidratavam os alimentos em casa, colocando-os ao sol até a água evaporar. Hoje em dia, existem técnicas mais sofisticadas, mas o conceito é exatamente o mesmo.
  • O primeiro alimento que damos aos bebés, depois do leite materno, é leite desidratado.
  • O feijão e o grão-de-bico secos, o louro, os orégãos e até mesmo o bacalhau, são apenas alguns exemplos de alimentos que consumimos e que passam pelo processo de desidratação. 

Live chat (Online)

Começar