Skip to content

Procurando algo?

For a Healthier Planet

Nozes, Feijões, Grãos e Verdes

Descubra as 11 categorias dos 50 Alimentos do Futuro

Algas: Talvez já tenha encontrado algas marinhas enroladas no seu sushi favorito, mas este grupo pode surpreendê-lo se não estiver familiarizado com cozinhas que tradicionalmente utilizam algas. Estas plantas marinhas são cruciais para a produção de oxigênio, são ricas em vitaminas e minerais, como vitamina B2, vitamina A, magnésio e iodo. Além disso, possuem ácidos graxos essenciais, fitoquímicos / antioxidantes e fornecem um saboroso gosto de umami. Tente cobrir a sua próxima salada com algas wakame levemente fritas para um crocante salgado.

Feijões e leguminosas: Estes membros da família das leguminosas são uma escolha inteligente para os agricultores porque convertem o nitrogênio de uma forma que ajuda outras culturas a crescerem. São também uma ótima escolha para quem os consome porque são nutritivos e deliciosos! Tente adicionar as lentilhas à sua próxima mistura de hambúrguer para obter um sanduíche embalado em proteína com muita fibra e sabor.

Cactos: Mais do que apenas uma decoração caseira, o cacto é há muito tempo utilizado na culinária mexicana. Nopales são resistentes à seca e cheios de vitaminas, fibras, aminoácidos e antioxidantes. Use-os para acrescentar sabor fresco a saladas, smoothies e muito mais! Tente também adicionar nopales à suas receitas de molho.

Cereais e Grãos: Os cereais são alimentos básicos em todo o mundo, mas a nossa dependência global de arroz e trigo restringe os sistemas alimentares de uma forma que pode ser prejudicial para o ambiente. Experimente algo novo, como espelta, grãos antigos ricos em minerais com um sabor de noz que pode substituir o arroz. Outra dica é colocar o arroz selvagem, que na verdade é uma semente, no fogão para que os grãos estourem e o prato se torne uma versão de pipoca nutritiva.  

Vegetais Frutas: Todo mundo sabe que é preciso comer suas frutas e vegetais, mas e os vegetais frutas? Estas são frutas que geralmente são confundidas com vegetais. O tomate é familiar, mas experimente um tomate laranja para um sabor levemente mais doce e com quase o dobro de vitamina A. Tente combiná-lo com quiabo, outro exemplo de vegetal fruta.

Folhas Verdes: Nutrição em pessoa! Verdes folhosos fornecem fibras, vitaminas, minerais e uma infinidade de benefícios para a saúde. Alguns, como espinafre e couve, já são populares em saladas e sopas. Aumente a ingestão desses alimentos e permita-se experimentar agrião com gosto apimentado ou deixe seu prato mais colorido com o repolho vermelho. Confira nossa seção de receitas e aumente o repertório do seu paladar.

Cogumelos: Os fungos não poderiam faltar! Adicione textura de carne e sabor salgado a seus pratos, massas, frituras e molhos com um maitake de sabor terroso. Não deixe de saborear o gosto e desfrutar dos benefícios nutricionais das vitaminas, proteínas e fibras dos cogumelos.

Nozes e Sementes: Elas estão em alta! Embora as nozes e as sementes estejam presentes em toda a culinária mundial, existem muitas variedades subutilizadas que podem oferecer diversos benefícios nutricionais e ambientais, além de muito sabor. Experimente sementes de cânhamo, que podem ser adicionadas a molhos, saladas ou assados, para proporcionar um aumento de proteína, fibra e gorduras boas (ômegas) ao seu prato. Além disso, tente sementes de gergelim, que podem ser torradas e adicionadas a qualquer acompanhamento para acrescentar um crocante perfumado a seu prato.

Legumes de raiz: O segredo do subsolo! Vegetais de raízes crescem nas profundezas da terra e emergem resistentes e nutritivos para que possamos desfrutar em um momento em que as colheitas climáticas mais quentes não estão disponíveis. Cercefi é um exemplo menos conhecido, que oferece vitamina E, ferro e um doce sabor. Experimente como um assado, como um acompanhamento ou amassado substituindo a batata.

Brotos: Há uma variedade de alimentos familiares que podem duplicar ou triplicar em valor nutricional quando são permitidos brotar antes de serem comidos. Por exemplo, o grão-de-bico é gostoso e saudável, mas quando germinado fica ainda mais crocante e mais saboroso com mais proteína.

Tubérculos: Os tubérculos são uma valiosa fonte de energia, mas outra categoria da qual não aproveitamos a enorme variedade disponível. Prove inhame roxo para uma explosão de cor e um aumento de vitamina E. Procure a raiz de lótus para dar um toque crocante e picante para o seu próximo refogado.

Os chefs da Knorr querem ajudar a todos a experimentarem os 50 Alimentos do Futuro, que fazem bem para você e para o planeta. Inspire-se para cozinhar com um novo ingrediente hoje! Clique aqui para deliciosas receitas que fazem a diferença.

Saiba mais! Baixe o relatório completo 50 Alimentos do Futuro aqui!